O que é, o que é...

Tempo, muito tempo sem escrever. A razão: tenho cantado para sublimar.
O cantar pode ser feito em qualquer lugar... no carro, no chuveiro, numa roda de amigos e, inclusive, em silêncio na minha cabeça. Cantar é liberdade total.
O escrever já requer um tempo um pouco maior, o qual não consegui ter este ano. Um erro, porque escrever faz pensar.

"Tudo tem uma razão". 

Frases de conforto para momentos difíceis de encarar. Se não tenho tempo para escrever é porque tem uma razão, se não consegui tal coisa, é porque tem uma razão, se o fulano se deu mal e quebrou a cara, é porque tem uma razão, se tens que conviver com gente chata e blablablablablabla.... tudo tem uma razão  A única coisa que as pessoas não se dão conta é que praticamente tudo isso é NOSSA ESCOLHA. Às vezes nos colocamos submissos a vida para dizer que aquilo está pre-destinado e temos que vive-lo mas, vivemos isto por pura e simples escolha. Porque podemos não vive-lo daquela maneira. Quando a vida nos dá opção,  vamos banca-la.

Como é difícil assumirmos que temos a rédia da situação. Não estou dizendo com isso que temos que sair chutando o balde e pensar apenas no desejo. Precisamos passar por uma situação difícil para termos uma segurança maior depois, precisamos conhecer os lados da vida. Essa de ser só mocinho ou só bandido não cola mais. 

Somos viciados em sofrer pelo que não escolhemos. Enquanto o certo seria se alegrar e bancar aquilo que decidimos escolher. É preciso ter claro que nem sempre nossa escolha é o melhor caminho, mas aí é que está o charme da coisa: a gente vai tropeçando, dando com a cara na parede e aprendendo.
Às vezes a gente joga com a vida e outras somos jogados nela.

Hoje eu reformularia a frase:
"Toda escolha tem uma razão" isso nos inclui como autores de nossa própria história, mesmo quando optamos por não escolher.
Aproveita sempre que a vida te der opção...

Poderia escrever mil posts e mil teorias sobre isso, mas e a vida? O que é, o que é?
Talvez um mix entre escrever e cantar...
Bom, agora é hora de cantar... 
"viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz..."


6 comentários:

  • Be Lins | 21 de outubro de 2012 15:21

    Deve ser uma coisa FANTÁSTICA isso: fugir com um circo pelo mundo. Numa expressão: _ uau!

    Fiquei feliz com suas visita,
    será uma alegria tê-la por perto.

    Beijo

  • Adinês | 21 de outubro de 2012 15:29

    Minha linda!!!!!!
    Veja se dá um jeito de não parar de escrever!!!!
    Amo ler as tuas aventuras!!
    Bjks com muita saudade!!!!!!!!!

  • MARILENE | 21 de outubro de 2012 15:30

    Que saudade de você! Concordo, plenamente, que escolhemos errado e arcamos com as consequências. E que, muitas vezes, não houve escolha, fomos levados para situações nem sempre agradáveis. Todos os caminhos começam com interrogação e não sabemos onde nos vão levar.
    Melhor, de fato, é cantar! (rss).
    Grande beijo!

  • Ani Cristal | 21 de outubro de 2012 16:38

    Oi Fabi querida


    Quanta saudades dos teus escritos menina...
    Não some mais não viu...


    Beijos
    Ani

  • Vera Lúcia | 22 de outubro de 2012 18:36


    Querida,

    Que prazer revê-la! Que sumida você deu, hein?
    Nada como ouvir o Gonzaguinha nesta música contagiante. Esta frase que você destacou da música é uma verdadeira lição:
    "viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz..."

    Realmente, as escolhas são sempre nossas e devemos nos arriscar a fazê-las e não apenas nos acomodar diante dos acontecimentos, como se tudo fosse obra do tal destino. Cabe-nos construir a nossa história, ainda que sobre amargos aprendizados.

    Beijão. (Espero que permaneça entre nós).

  • AquilesMarchel | 2 de novembro de 2012 14:31

    pessoa que fugiu com o circo

    bela volta

    eu escrevo e canto
    canto mal mas o que importa é sair, exorcisar essa vontade de ser rockstar, de ser do bem, de encantar, de nao ter dividas, de ter amores

    mas vou escrevendo tambem com talento um pouco melhor mas sem nenhuma redenção por enquanto