A elefanta na TPM

Tailândia!

A Tailândia é um lugar incrível. As ilhas, o recorte das pedras gigantes no meio do mar, a água do mar, as pessoas, o clima, a comida. Tudo é maravilhoso. Confesso que eu e Fabri olhamos umas ofertas de emprego e pensamos, quem sabe ficamos por aqui, hein? 

Koh Lanta
Pois nada. Somos parceiros para viagem, adoramos conhecer outras culturas, provar as comidas mais diferentes, estar pertinho do "outro" para descobrir o novo, o diferente. 

Quando estávamos em Koh Lanta, uma das ilhas, um amigo indicou o passeio nos elefantes, disse para fazermos um em especial, onde entraríamos com os elefantes no mar, na hora do pôr-do-sol. Nós adoramos a idéia! 

Os organizadores do passeio foram nos pegar no hotel, demoraram quase um hora para chegar, mas beleza, estávamos de férias, sem estresse e de frente pro mar. Quando chegaram, montamos na pick-up e fomos ansiosos para andar de elefante!!! Ai que máximo!!! 

Uma hora na pick-up até chegar no lugar. Na ida passamos por cobras e macacos no caminho, juro! Chegando lá vimos a cena mágica! Era realmente lindo ver o elefante dentro do mar com as pessoas, mas nada de sol para acompanhar a cena mágica!

O homem nos chamou e mostrou o elefante que iríamos montar! Era uma elefanta! Num primeiro momento, confesso, fiquei com um pouco de medo, mas... pra que ter medo! Todos estavam se divertindo! Vamos lá. O homem subiu nas escadas, subiu na elefanta e não nos chamou. Eu achei estranho, afinal deveríamos subir para entrar no mar montados. Surpresa: Não! Primeiro a elefanta entra no mar, depois vamos nós nadando até ela e aí sim, lá dentro, montamos. 

Koh Lanta
Por diós!!! Como vocês podem ver, se no primeiro momento eu estava com medo, no segundo momento eu tremia!! Mas mesmo assim... vamos lá, estão todos se divertindo, eu também quero me divertir!! E o homem dizia... vai lá que eu vou tirar foto de vocês na água!!

Beleza. O cara em cima da elefanta começou a direcioná-la para o mar e, cada vez que chegavam perto, ela saia correndo pro lado contrário! Ele começou a alfinetar ela com aquelas coisas de domador e, mesmo assim, ela continuava a fugir da água. Corria pra um lado, corria pro outro, e nada de entrar na água. Bom, neste terceiro momento eu já não cabia mais em mim de tanto medo, e acredito que meu nome já nem era mais Fabiana, eu não me reconhecia no meu próprio corpo! Mas vamos lá, estão todos se divertindo... parara parara parara.... O Fabri me olhava com um olho arregalado e eu disse: "Nao vamos, essa elefanta está na TPM. Lembra de mim na TPM, agora multiplica pelo peso dela e imagina o que ela é capaz de fazer!" 

O Fabri estava com medo também, mas nós dois, incapazes de nos comunicar com o cara fomos entrando no mar, devagar. O outro homem olhava pra gente e dizia sorrindo: vai lá, vai lá, vou tirar a foto de vocês!! Enfim ela entrou, e o cara fazia ela sentar para a gente subir. Eu não conseguia chegar perto. O Fabri, enfim, montou nela. Ela mergulhava e quando levantava atirava o Fabri longe! Deus, me proteja! Lá fui eu. Juro que meu sentimento era de que ela iria me esmagar. Eu sei que eu sou capaz de esmagar alguém na TPM e ela, seria um suspiro dela para o fim de nossas vidas. 

Eu dei um pulo rápido e bum! Lá estava eu montada na elefanta. Quando olhei para trás, o cara que iria tirar nossa foto estava conversando, fumando um cigarri e olhando pro lado. Não tirou a foto, arggggghhh!!! Eu saltei de cima dela e me mandei, enquanto o Fabri quis continuar. Pobre.

O homem que ia tirar as fotos
Quando ela estava saindo da água com os dois em cima, ela saiu numa dispara que só. Quem viu a cena pode entender o que foi. Eu, ainda saindo do mar, coloquei as maos na cabeça e pensei "meu deus, ajuda o Fabri a segurar firme naquele bicho!" Eu fiquei uns 10 segundos com as mãos na cabeça, apavorada e o Fabri troteando de um lado pro outro. Quando chegamos na beira da praia o cara pediu para darmos comida na pode dela, e eu: "ai meu senhor, sabe que..." O cara nao me deixou terminar, pegou o abacaxi, colocou na minha mao e ela jogou a tromba para pegar a comida. "Ai, meus anjos protetores, me ajudem!" 

Ele estava no papel dele, nos empurrando para perto do bicho para tirar foto. "Bem coisa que turista gosta", deveria pensar ele... "vai ali, pega o abacaxi, agora vai do lado dela, agora vai na frente, agora..." 

Eu nao quero mais ficar aqui!!! Socorrrooo!! O Fabri olhou pra mim e eu disse: vamos, pelo amor de Deus! 

Conselho: evite qualquer ser vivo na TPM, elas podem ser perigosas!!

4 comentários:

  • Lia Tansini | 5 de maio de 2011 10:39

    Agora lembrei-me do filminho 'filtro solar', onde dentre as máximas está algo como: 'faça todos os dias algo assustador'. Isso que é vida, amiga! =p

  • Edilse | 5 de maio de 2011 13:04

    Fabi querida, estou adoooraaaannndoooo este blog.Que rotina que nada!!! Consigo mentalmente "assistir o filme".Coisa bem boa poder lembrar disso tudo depois e dar boas risadas(tirando o lado sério é claro) contando todas essas aventuras que vocês estão vivendo, para nossos futuros netos.Adoro vocês.
    Beijoooooossssssss

  • Fabi Magni | 5 de maio de 2011 23:41

    Lia: se eu fizesse todo dia algo tao assustador quanto isso, te juro que logo poderia ter um treco no coraçao!! Pq dessa vez eu senti um medo que nunca havia sentido antes!! hahahahah!!!

    Titi: cque rotina que nada!! Nós realmente nao temos rotina, mas às vezes realmente queríamos uma rotininha só para acalmar um pouco! hahahahah!!

    Beijos para as duas!

  • Adinês | 8 de maio de 2011 13:58

    Fabi!!!!!

    Ainda não tinha lido esta parte, rsssss
    mas realmente uma elefanta com TPM deve ser algo assustador!!!!!
    Aproveitem muito esta fase MARAVILHOSA que estão vivendo!!!!
    Quanta historia prá contar!!!!
    Bjs para vcs!